Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Implante de fios de ouro

Implante de fios de ouro

A técnica de implantes de fios de ouro nos locais de flacidez cutânea ou preenchimento de rugas foi desenvolvida na França na década de 60 por Caux o qual descreveu o emprego de fios de ouro associados a fio de mononylon para preenchimento de sulcos e sustentação facial.

Indicação

Os fios de ouro , por serem fios extremamente finos (0,1 mm diâmetro) têm como indicação de preenchimento aquelas rugas que são bastante finas (pés-de-galinha e periorais), pois a microestimulação das fibras reticulares estaria muito bem indicada nesses casos , e, qualquer outro fio mais grosseiro causaria um efeito inestético nessa região. O mesmo publica ainda que os fios de ouro são bem indicados para o tratamento do dorso das mãos, flacidez dos braços e face interna das coxas.

Os fios de ouro são melhor indicados para a prevenção do envelhecimento, quando passados em pacientes dos 30 aos 50 anos. Apesar de poderem ser indicados até a idade de 65 anos, apresentam resultados bastante inferiores. Se prestam muito bem para associarmos com as mais diversas técnicas de rejuvenescimento: Peelings, preenchimentos, toxina botulínica, etc., não atrapalhando um lifting no futuro. Os pacientes devem ser alertados que os fios de ouro, por serem metálicos, são radiopacos, portanto aparecem ao Raio-X.

Desvantagens

Os fios de ouro não produzem efeito imediato. É necessário aguardar 90 dias para observar-se o resultado. Os mesmos também não tracionam estruturas profundas tendo efeito apenas na derme.

Contra- indicações

  • Obesidade local exagerada
  • Flacidez local exagerada
  • Infecção no local do implante
  • Pacientes imunossuprimidos
  • Pacientes em uso de Retinóides sistêmicos
  • Pacientes com doenças do colágeno
  • Pacientes diabéticos descompensados
  • Pacientes psiquiátricos (psicóticos, bipolares, depressivos, etc. )
  • Pacientes com expectativas irreais do procedimento.

Complicações

As complicações do implante dos fios de ouro são aquelas comuns a todo procedimento ambulatorial médico, como equimose, sangramento, etc. Qualquer outra complicação mais séria fatalmente estará ligada à má técnica, avaliando-se a nobreza do material e às exaustivas publicações ao longo dos 40 anos de implantes de fios de ouro.

A técnica de implantes de fios de ouro nos locais de flacidez cutânea ou preenchimento de rugas foi desenvolvida na França na década de 60 por Caux o qual descreveu o emprego de fios de ouro associados a fio de mononylon para preenchimento de sulcos e sustentação facial.

Indicação

Os fios de ouro , por serem fios extremamente finos (0,1 mm diâmetro) têm como indicação de preenchimento aquelas rugas que são bastante finas (pés-de-galinha e periorais), pois a microestimulação das fibras reticulares estaria muito bem indicada nesses casos , e, qualquer outro fio mais grosseiro causaria um efeito inestético nessa região. O mesmo publica ainda que os fios de ouro são bem indicados para o tratamento do dorso das mãos, flacidez dos braços e face interna das coxas.

Os fios de ouro são melhor indicados para a prevenção do envelhecimento, quando passados em pacientes dos 30 aos 50 anos. Apesar de poderem ser indicados até a idade de 65 anos, apresentam resultados bastante inferiores. Se prestam muito bem para associarmos com as mais diversas técnicas de rejuvenescimento: Peelings, preenchimentos, toxina botulínica, etc., não atrapalhando um lifting no futuro. Os pacientes devem ser alertados que os fios de ouro, por serem metálicos, são radiopacos, portanto aparecem ao Raio-X.

Desvantagens

Os fios de ouro não produzem efeito imediato. É necessário aguardar 90 dias para observar-se o resultado. Os mesmos também não tracionam estruturas profundas tendo efeito apenas na derme.

Contra- indicações

  • Obesidade local exagerada
  • Flacidez local exagerada
  • Infecção no local do implante
  • Pacientes imunossuprimidos
  • Pacientes em uso de Retinóides sistêmicos
  • Pacientes com doenças do colágeno
  • Pacientes diabéticos descompensados
  • Pacientes psiquiátricos (psicóticos, bipolares, depressivos, etc. )
  • Pacientes com expectativas irreais do procedimento.

Complicações

As complicações do implante dos fios de ouro são aquelas comuns a todo procedimento ambulatorial médico, como equimose, sangramento, etc. Qualquer outra complicação mais séria fatalmente estará ligada à má técnica, avaliando-se a nobreza do material e às exaustivas publicações ao longo dos 40 anos de implantes de fios de ouro.



Sobre: Mass. Liliane Machado:

Liliane Machado é Massoterapeuta e Esteticista no Rio de Janeiro.

Saiba Mais
Site:http://www.viverhoje.com.br/site/index.php/massoterapeuta-liliane-machado/

 

2 comments


Deixe um comentário